Casa / Gerenciamento de Projetos / Em tempos difíceis, onde os EGPs agregam valor?

Em tempos difíceis, onde os EGPs agregam valor?

Atualmente, o debate existente em escritórios de gerenciamento de projetos (EGPs) tende a se concentrar no aspecto de carteira, que administra o alinhamento organizacional e a seleção cuidadosa do projeto. Ralf Finchett Jr. escreve que apesar de que neste momento essas equipes de liderança estão, na verdade, mais focadas em controlar os projetos atuais e melhorar a sua probabilidade de sucesso. E isso faz sentido, pois diante de um problema financeiro, você estaria mais preocupado em manter o navio flutuando do que instalar um novo ar condicionado nele.

Finchett acredita que os EGPs agregam valor quando eles desenvolvem os procedimentos e governança, uma vez que possibilitam um controle mais próximo dos projetos, sem atraso nas entregas. O aumento da visibilidade permite evidenciar quando o custo gasto em um projeto é equivalente a uma quantidade proporcional de esforço. Finchett examina:

Por exemplo, só porque um projeto gastou 50% do seu orçamento não significa que tenha produzido ou gerado 50% do produto final.  Se um projeto produziu apenas 30% do seu produto final, ao gastar 50% do seu orçamento o EGP… poderá trabalhar junto aos gerentes de projeto para verificar quanto do orçamento adicional será necessário para terminar o projeto, e também qual será a resolução, ao invés de solicitar mais dinheiro ou tempo.

Ele continua descrevendo que os EGPs não devem evitar a operar a nível de carteira, mas em tempos difíceis, seria mais conveniente a abordarem dos lugares onde certamente produzem mais resultados. Os EGPs ajudam quando são capazes de responder a estas perguntas básicas:

  • Qual a quantidade de esforço ou custo foi gasto no projeto?
  • O projeto está no prazo para entrega o que deve entregar?
  • Quanto precisa ser gasto para terminar o projeto?

Como o seu EGP se posiciona quando comparado? Leia o artigo original de Finchett (em inglês) aqui: http://www.techrepublic.com/blog/tech-decision-maker/three-leadership-behaviors-of-successful-project-managers/

Sobre John Friscia

John Friscia was the Editor of Computer Aid's Accelerating IT Success from 2015 through 2018. He began working for Computer Aid, Inc. in 2013 and grew in every possible way in his time there. John graduated summa cum laude from Shippensburg University with a B.A. in English.

veja também

Você já fez essas perguntas fundamentais do projeto?

Quando você faz as perguntas certas, as respostas podem revelar percepções que, caso contrário, nunca teriam sido abordadas. Este artigo escrito por Michelle Symonds compartilha uma série de questões “fundamentais"

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

We use cookies on our website

We use cookies to give you the best user experience. Please confirm, if you accept our tracking cookies. You can also decline the tracking, so you can continue to visit our website without any data sent to third party services.