Casa / Gerenciamento de Projetos / Elimine o fator medo

Elimine o fator medo

Apesar dos melhores esforços de textos modernos sobre gestão de forma a promover a automotivação para os funcionários, a maioria dos profissionais de gestão ainda estão fazendo uso do velho ritmo comando e controle. Conforme explica Lynda Bourne, deixar a sua equipe livre é a melhor maneira de estimular o fluxo da produtividade.

Medo, poder e controle são o canivete suíço do ditador do projeto. Como também eles podem ser a maneira perfeita para destruir a produtividade e diminuir a moral. No entanto, às vezes, o medo pode inspirar a criatividade, mas não de uma maneira que os gestores consideram agradável:

Se alguém tiver medo de ser culpado, a última coisa que irá fazer é passar informações precisas sobre uma questão ou um problema. E a tomada de decisões de gestão eficaz depende da transmissão aberta de notícias ruim. A equipe de controles do projeto deve saber o que realmente está acontecendo e necessita de estimativas sinceras sobre as consequências futuras para prestar assessoria de planejamento.

O medo sabota os canais de comunicação que transportam as informações relevantes entre a gerência e o gerenciado. Segundo Bourne, para demonstrar uma noção de proporção este fenômeno de falta de comunicação custou para o Programa de Crédito Universal do Reino Unido ₤425 bilhões! Em geral, é recomendado que os gerentes de projeto procurassem perdoar os erros, utilizar cronogramas em vez de restrições, e escutar antes de saltar para conclusões ou atribuir a culpa, se desejam melhorar a produtividade dos funcionários em seu local de trabalho.

Leia o artigo completo (em inglês) aqui: http://blogs.pmi.org/blog/voices_on_project_management/2014/07/eliminate-the-fear-factor.html

Sobre Eric Anderson

Eric Anderson is a staff writer for CAI's Accelerating IT Success. He is an intern at Computer Aid Inc., pursuing his master's degree in communications at Penn State University.

veja também

O Que É Que Vale Para Você? Porque Estimativas São Importantes

Esforço, duração e custo – se você tem esses três fatores sob controle, o resto …

We use cookies on our website

We use cookies to give you the best user experience. Please confirm, if you accept our tracking cookies. You can also decline the tracking, so you can continue to visit our website without any data sent to third party services.