Casa / Gerenciamento de Projetos / 5 Coisas que todos os novos gerentes de projeto devem fazer

5 Coisas que todos os novos gerentes de projeto devem fazer

Para o gerente de projetos (GP), frustrações diárias são inevitáveis. Gerentes de projeto veteranos entendem o jogo. No entanto, gerentes mais novos frequentemente se encontram em uma prova de fogo. Para se preparar, Paul Naybour recomenda cultivar estas cinco competências:

  1. Comunicação de nível múltiplo
  2. Oratória/ Apresentação
  3. Implementação
  4. Habilidades não-técnicas/ críticas
  5. Reuniões regulares da equipe

Talvez você já domine a arte da comunicação em um determinado nível, mas um bom GP precisa sentir-se confortável ao falar com qualquer pessoa – de executivos, a acionistas e membros da equipe, etc. Em segundo lugar, seu trabalho é para liderar a equipe, claro, mas você também enfrentará, como um GP, reuniões da empresa onde será exigido que você forneça informações atrativas e venda as ideias do seu projeto às partes interessadas.

Reunir os recursos certos também é uma arte. Encontrar bons recursos envolve muito trabalho duro, bem como uma propensão para conhecer as pessoas certas. É uma curva de aprendizagem acentuada para alguns, mas é uma habilidade essencial para se possuir desde o início. Habilidades técnicas ajudam você até um certo ponto, mas “habilidades de negociação, tomada de decisões e comunicação verbal e escrita [são] imperativas para se fazer um trabalho mais eficaz.” Por último, nunca subestime o impacto que reuniões de equipe regulares podem ter na sua capacidade de distribuir informações de forma eficiente, definir restrições de tempo, alocar recursos, solicitar análises críticas e atualizar as partes interessadas.

Leia o artigo original (em inglês), aqui: http://www.projectaccelerator.co.uk/six-things-all-new-project-managers-should-do/3750

Sobre Eric Anderson

Eric Anderson is a staff writer for CAI's Accelerating IT Success. He is an intern at Computer Aid Inc., pursuing his master's degree in communications at Penn State University.

veja também

10 orientações para estimar o esforço de um projeto

Estimativa é provavelmente o elemento mais básico de um projeto, mas também tem o impacto mais profundo na possibilidade de um projeto começar bem ou estar destinado a falhar em encarar os problemas e oportunidades perdidas cont&

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *